Eye of Cleopatra

Lubrificante é fundamental para manter o bom funcionamento e prolongar a vida do motor

troca de oleo

Apesar de o veículo estar parado, é preciso fazer a troca de óleo do motor – Foto: Motul/Divulgação

 

Fazer a troca de óleo do motor é fundamental para manter o bom funcionamento do motor, que com um lubrificante novo reduz o atrito dos componentes do conjunto mecânico, evitando desgaste de peças e prolongando a vida do propulsor. Por isso, a Carro mostra os mitos e verdades da troca de óleo.

Troque o óleo mesmo se o carro ficar parado – Verdade
Apesar de o veículo estar parado, é preciso fazer a troca de óleo do motor. Inclusive, no manual do carro há informações sobre o plano de manutenção, o que inclui indicações dos prazos de troca por tempo ou por quilometragem. 

 

troca de oleo

Misture lubrificantes apenas em caso de emergência – Foto: Motul/Divulgação

 

Não é preciso trocar o filtro de óleo a cada troca de óleo – Mito
O filtro de óleo serve para reter partículas, que poderiam danificar o motor ou acelerar o seu desgaste. Portanto, é fundamental trocá-lo. Além disso, esse componente pode ficar saturado, deixando o óleo passar direto ou restringindo o fluxo da válvula de by-pass caso ela não esteja funcionando corretamente. Por isso, sempre que trocar óleo faça a substituição do filtro.

Tipo de utilização do veículo não interfere no intervalo da troca – Mito
Entender se o uso do veículo é normal ou severo é de extrema importância para o plano de manutenção diferenciado. Se o carro for utilizado de maneira severa em altas rotações, em estradas de terra ou em trajetos curtos com motor a frio, o dono do veículo terá que usar um lubrificante para essas condições, pois elas exigem mais dos componentes do que um carro rodando em rotações e velocidades constantes.

troca de oleo

Óleo acima do nível poderá acarretar vazamentos pelos respiros do motor – Foto: Motul/Divugalçaõ

 

Trocar por um óleo inferior à especificação não prejudica o motor – Mito
Ao utilizar um óleo de motor fora da especificação recomendada pelo manual, o carro terá o consumo de combustível elevado, além de ter componentes internos do conjunto do motor prejudicados. Siga as recomendações do manual do proprietário.

Nível de óleo não interfere na performance do motor – Mito
Andar com o carro com nível de óleo baixo fará que a lubrificação de componentes do motor fique comprometida, uma vez que o pescador de óleo não conseguirá captar o óleo do cárter de maneira satisfatória. Desta forma, o propulsor terá muita espuma e baixa pressão de óleo, o que compromete o fluxo. Já se o dono do veículo rodar com óleo acima do nível poderá acarretar vazamentos pelos respiros, levando o óleo para áreas em que ele não deveria circular.

Misturar lubrificantes – Depende
Em caso de emergência ou de forma temporária para corrigir o nível de óleo do motor, o dono do veículo pode misturar lubrificantes. Contudo, passado a urgência é necessário fazer uma manutenção para descobrir o motivo de o óleo estar baixo, além de ter de trocar o óleo pela especificação correta.

Share This
Eye of Cleopatra Mapa do site