Eye of Cleopatra

Peugeot 208 e-GT

Importada, configuração 100% elétrica chegará ao mercado brasileiro com o nome 208 e-GT e autonomia de quase 350 km

 

Com a chegada da segunda geração do 208 ao Brasil até setembro, a Peugeot confirmou também que o modelo desembarcará em nosso mercado com uma versão totalmente elétrica, batizada de e-GT. Com isso, a gama será composta por motor 100% elétrico ou pelo 1.6 16V Flex.

Segundo a fabricante, o 208 e-GT entrega 136 cv de potência e 26,5 kgfm de torque, acelerando de 0 a 100 km/h em 8,1 segundos. Sua autonomia, de acordo com o padrão WLTP, é de quase 350 km, com recarga de 80% em 30 minutos utilizando um ponto de recarga rápida.

Peugeot 208 e-GT

Já a configuração a combustão trará o 1.6 16V flex de 118 cv do modelo atual, com opções de câmbio manual de cinco marchas e automático de seis. Futuramente, o compacto ganhará também uma versão turbo do 1.2 Puretech.

Fabricado em Palomar, na Argentina, o modelo estreia a plataforma CMP (Common Modular Platform) do Grupo PSA – a versão elétrica, contudo, chega importada. Por fora, o novo Peugeot 208 trará a atual identidade da marca, inaugurando essa linguagem no Brasil. Ele será maior em comprimento e largura em relação ao antecessor, porém, mais baixo. Na dianteira, o destaque fica com o logotipo agora ao centro da grade frontal.

Painel digital Peugeot 208 i-Cockpit 3D

No interior, o hatch terá o i-Cockpit 3D, versão 100% digital e com efeito tridimensional do quadro de instrumentos. A lista de equipamentos contará ainda com novos assistentes de direção, como os ADAS (do inglês Advanced Driver Assistance Systems).

Com o fim da produção do Peugeot 208 (e, em 2021, do atual 2008) em Porto Real (RJ), o foco da unidade brasileira será a fabricação de uma nova família de compactos da Citroën – um deles será o sucessor do hatch C3.

Share This
Eye of Cleopatra Mapa do site