Eye of Cleopatra

Mustang Mach 1 - Foto: Vinicius D'Angio

Mustang Mach 1 – Foto: Vinicius D’Angio

 

Sabe aquele carro que chama a atenção por onde passa e deixa todo mundo de boca aberta? Esse é o Mustang Mach 1, um esportivo da Ford produzido em edição limitada com elementos que remetem às versões antigas e que facilmente entrará na lista dos carros inesquecíveis de quem dirigiu. Nós testamos esse carrão e contamos para você toda nossa experiência a bordo dessa máquina que custa R$ 566.300,00.

 

| LEIA MAIS: Ford Ranger 2024 chega às concessionárias com preços a partir de R$ 289.990,00
| LEIA MAIS: BYD Yuan Plus: Avaliamos o SUV chinês 100% elétrico

 

Desempenho e dirigibilidade do Mach 1 

Para quem gosta de velocidade, o Mustang Mach 1 é um prato cheio. Por ser um veículo que, segundo a Ford, foi desenvolvido para as pistas, ele possui um motor V8 5.0l capaz de entregar até 483 cv. A velocidade máxima chega a 250 km/h, indo de 0 a 100 km/h em apenas 4,3 segundos. O câmbio é automático com dez marchas e possibilita a troca manual sequencial através do paddle shift localizado atrás do volante.  

Apesar de toda essa potência disponível, nossas ruas e estradas não permitem o uso total dela, já que a velocidade máxima permitida em algumas rodovias é de 120 km/h. Apesar da limitação, o Mach 1 possui um bom desempenho na cidade, transitando sem maiores esforços. Nas rodovias, a velocidade é entregue de forma gradativa, sem oferecer muitos riscos aos motoristas. Para quem precisa de potência para realizar uma ultrapassagem, pode contar com a força do Mustang para isso.

 

Traseira do Mach 1 - Foto: divulgação/Vinicius D'Angio

Traseira do Mach 1 – Foto: divulgação/Vinicius D’Angio

 

Mas se você estiver preocupado com as possíveis dificuldades em controlar um motor V8, pode ficar tranquilo, o controle eletrônico de estabilidade e de tração deixam a dirigibilidade dessa máquina mais fácil do que era antigamente. Mas cuidado! Apesar das assistências ao motorista, o Mach 1 continua muito potente, demandando uma atenção redobrada na hora da condução. 

Um dos quesitos mais legais do Mach 1 é o ronco do motor, afinal, essa é uma das principais características que procuramos em carro esportivo. São quatro opções que podem ser personalizadas de acordo com o gosto do motorista: modo de escape silencioso, normal, esportivo e pista. Já os modos de direção podem ser escolhidos entre: confortável, normal e esportivo.

 

Dianteira do Mach 1 - Foto: Vinicius D'Angio

Dianteira do Mach 1 – Foto: Vinicius D’Angio

 

Design 

É impossível falar sobre carros esportivos sem destacar o visual dessa máquina. Como falamos no início do texto, ao andar com o Mach 1 pelas ruas, é fácil notar o olhar de admiração vindo de todos os lados. Mas não poderia ser diferente, já que os belos traços esportivos se destacam pelas ruas e estradas.  

O design exterior do Mach 1 é uma viagem ao passado do modelo. Tanto a grade frontal, quanto o capô, possuem elementos que remetem às versões anteriores do modelo, agradando principalmente aqueles que possuem um ar de nostalgia com o veículo. Além disso, algumas exclusividades como os aerofólios, retrovisores, os emblemas laterais e também o traseiro na cor cinza acetinado completam o charme do Mach 1. Outro destaque são as rodas de alumínio 19 polegadas na cor cinza acetinado.

 

Faróis - Foto: Vinicius D'Angio

Faróis do Mach 1 – Foto: Vinicius D’Angio

 

Já na parte de dentro, os bancos são parcialmente revestidos em couro e chamam bastante atenção, mas não apenas pelo seu visual, a excelente ergonomia que abraça tanto o condutor, quanto o passageiro. Os assentos dianteiros contam também com aquecimento para os dias frios e refrigeração para os dias quentes, podendo ser ajustados em três níveis diferentes cada um. 

No painel, há o velocímetro e conta-giros digitais e para os mais saudosistas, existe também a opção de utilizá-los com o design analógico. No painel é possível acessar também outras informações em relação a dirigibilidade do Mach 1. No console, acima do porta-luvas, outra exclusividade: um adesivo com a inscrição Mach 1 e o número daquela unidade, conferindo ainda mais exclusividade aos donos dos veículos. 

 

Interior do veículo - Foto: Vinicius D'Angio

Painel, volante e multimídia do Mach 1 – Foto: Vinicius D’Angio

 

Ainda no console, estão localizados a central multimídia, os controles do ar-condicionado e os botões que podem alterar o modo de condução do veículo, o modo de direção do volante, o controle de tração e o pisca-alerta. O Mach 1 conta também com iluminação ambiente em LED na cor verde, presente nas maçanetas internas, no console central e abaixo do painel.  

O ar-condicionado é digital e dual zone e o volante possui acesso para as configurações, central multimídia e telefone.  

 

Texto: Daniel Palermo

Share This
Eye of Cleopatra Mapa do site