Eye of Cleopatra

ZF-superbanner-01.08 a 01.11

Toyota Hilux Teste do AlceDepois da polêmica envolvendo a atuação da picape Toyota Hilux no Teste do Alce, a prova passará a ser padrão para todos os modelos avaliados a partir de dezembro pelo Latin NCap, instituição que testa a segurança dos veículos comercializados na América Latina e Caribe.

A nova medida começará a valer em 10 de dezembro, aumentando as exigências para que os veículos obtenham estrelas nos crash-tests. Vale destacar que o Latin NCap atualiza os parâmetros de avaliação a cada quatro anos, como ocorre no Euro NCap, de modo que este novo protocolo irá valer até 2023.

Até então, os veículos eram bem avaliados por possuírem controle de estabilidade (ESC), mas com o novo protocolo a análise passará a ser feita com base no Teste do Alce. Esse teste consiste em uma manobra de emergência, entre 30 km/h e 70 km/h, simulando a aparição repentina de um objeto à frente do carro. Criado na Suécia, seu nome vem da grande presença de alces no país.

Nova classificação

Outra alteração anunciada diz respeito à forma como os resultados são apresentados, que passarão a adotar o mesmo formato do Euro NCap: haverá somente uma classificação, de 0 a 5 estrelas, ao contrário do modelo atual que classifica as estrelas para adultos e crianças separadamente. Uma porcentagem indicará os resultados nas categorias adulto, crianças, proteção para pedestres e assistentes de condução.

Segundo Alejandro Furas, secretário geral do LatinNCAP, os novos parâmetros se assemelham ao Euro NCap 2015, enquanto o modelo atual se parece mais com o Euro NCap 2002. Os testes do Latin NCap são realizados na Alemanha, com as provas dinâmicas feitas na pista de um antigo aeroporto militar.

Com o novo padrão, os veículos já testados nestes nove anos do Latin NCap seguirão com os resultados obtidos na época do crash-test, contudo, a entidade explica que será rigorosa com seu uso em campanhas publicitárias, devendo informar a qual protocolo se referem. Além disso, os resultados só poderão ser usados em publicidade nos quatro anos após a avaliação, sendo proibida após esse prazo.

Toyota RAV 4 também falha no Teste do Alce

O teste feito com a picape Hilux em 2016 pela publicação sueca Teknikens Värld levou a Toyota a rever o modelo, corrigindo o problema com a chegada da nova geração. Agora foi a vez do SUV RAV4 passar pelo Teste do Alce, mas o resultado também ficou abaixo do esperado. Veja o resultado no vídeo abaixo (com áudio em inglês).

 

Leia mais

Chevrolet Onix Plus leva cinco estrelas e Chery Tiggo 3 zera

Estudo aponta que airbag de joelho pode provocar lesões

Toyota Hilux e Chevrolet Cruze atingem nota máxima em segurança

Share This
Eye of Cleopatra Mapa do site