Eye of Cleopatra

O Autódromo de Interlagos está se transformando em uma plataforma multicultural. Não à toa, São Paulo, conhecida como a cidade que não dorme, realiza um evento a cada seis minutos. O potencial para feiras, congressos e convenções, é justificado pela ampla estrutura comercial, por uma variedade de espaços para receber grandes eventos e pelo maior parque hoteleiro do país. Além das feiras de negócios, a capital apresenta uma vasta programação cultural ao longo do ano como Virada Cultural, Virada Esportiva, Carnaval, Parada LGBTQ+, São Paulo Fashion Week, entre outras atrações.

| LEIA MAIS:Os carros mais vendidos do Brasil em maio 

Os grandes eventos musicais também voltaram ao circuito paulistano e as organizações estão buscando espaços abertos, com o objetivo de trazer o mesmo clímax dos antigos Festivais. Não à toa, o Autódromo de Interlagos recebeu um investimento de R$ 18 milhões para uma nova terraplenagem com o objetivo de integrar melhor todos espaços do local. A ampliação da área pavimentada está passando de 30 mil para aproximadamente 48,8 mil metros quadrados. A aposta não foi em vão. Na edição 2022 do Festival Lollapalooza, por exemplo, os três dias de evento movimentaram R$ 421,8 milhões na capital paulista, incluindo gastos com produção, montagem, patrocínios, além das despesas dos turistas e moradores da cidade com hospedagem, transporte, alimentação, compras e outros. Outro evento previsto para acontecer no autódromo é o Festival The Town. Dos mesmos organizadores do Rock in Rio, conta com a expectativa de reunir 500 mil pessoas diante de seis palcos, em Interlagos. Entre as atrações internacionais, estão Foo Fighters, Maroon 5 e Bruno Mars.

Foto: Festival Interlagos/Mario Villaescusa

Foto: Festival Interlagos/Mario Villaescusa

A chegada de grandes eventos e fim da pandemia aumentaram o Índice Mensal de Atividade do Turismo (Imat) da cidade, que subiu 9,2% em março de 2023 na comparação com fevereiro e 25% diante do mesmo mês em 2022. O índice é medido a partir do faturamento médio setorial. São consideradas as movimentações em aeroportos e nos terminais rodoviários, bem como a taxa de ocupação em hotéis e criação de postos de trabalho.

A Prefeitura de São Paulo, por meio do Observatório de Turismo e Eventos da São Paulo Turismo (SPTuris, empresa municipal de turismo e eventos), mostra que o perfil do público nos eventos paulistas é composto por 53,1% de pessoas de fora da cidade, sendo que a maioria desses turistas era do interior de São Paulo, seguido por visitantes dos Estados do Rio de Janeiro e de Minas Gerais. Mesmo sendo palco de eventos musicais, Interlagos não perdeu o DNA motor e continua abrigando o Grande Prêmio Brasil de Fórmula que, segundo levantamento realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), registrou impacto econômico de R$ 1,37 bilhão para São Paulo.

A revista O Mecânico, organiza anualmente o Congresso Brasileiro do Mecânico, evento destinado aos mecânicos independentes com uma ampla variedade de palestras e boxes técnicos. A programação passa por freios ABS, fluido de arrefecimento, câmbio automatizado e bomba injetora, entre muitos outros. No evento há também uma área com estandes, onde empresas do segmento apresentam produtos, lançamentos e tecnologias, com especialistas à disposição para esclarecer as dúvidas dos mecânicos presentes. “Todas as edições do congresso foram um sucesso, com uma ampla adesão da indústria de autopeças e dos fabricantes de veículos. O feedback também foi positivo por parte dos mecânicos que visitaram o evento. Para a próxima edição, vamos deixar o momento ainda mais dinâmico, ampliando a grade de palestras técnicas com o objetivo cada vez mais um conteúdo especializado de qualidade”, afirma Fabio Figueiredo, Diretor da Revista O Mecânico.

Foto: Festival Interlagos/ Mario Villaescusa

Outro evento do segmento motor, que traz na receita a mistura de práticas esportivas, como o motocross, shows de músicas e gastronomia, é o Festival Interlagos, que acontece entre os dias 22 e 25 de junho e prevê movimentar R$ 160 milhões. No evento deste ano, mais de 100 marcas ligadas ao segmento motos estarão envolvidas em exposições e test rides. As atrações se completam com os shows da dupla sertaneja Fernando & Sorocaba e do rapper Filipe Ret, um dos três artistas mais ouvidos do Brasil.

“É o único evento que consegue reunir diversas categorias e tribos em torno de uma única paixão: o motociclismo. No nosso Festival Interlagos, estamos de braços abertos para acolher os profissionais do esporte, os integrantes dos grupos de trilhas e de passeios, dos track days, os entregadores, os aventureiros, entre outros — tudo em um único lugar e integrados para gerar excelentes trocas de experiências”, explica Marcio Saldanha, CEO do Festival Interlagos. Se comparada com a edição passada, a de 2023 conta com um acréscimo de pelo menos 40% de investimentos, mídia, atrações disponíveis e equipe, com atualmente quase 4 mil postos de trabalho.

Vale destacar que o evento se transformou no principal hub de negócios do setor de motociclismo, principalmente pela mudança de comportamento do público apreciador desse segmento, que começou a buscar experiências fora dos ambientes fechados e colocando os salões mais tradicionais de escanteio. Outro reconhecimento foi o da Prefeitura de São Paulo, que incluiu o megaevento dentro do calendário oficial do município. Ou seja, Interlagos está de braços abertos para se transformar no maior palco de São Paulo e sem deixar de lado as competições motorizadas que construíram a sua história.

Texto: Rodrigo Samy

Share This
Eye of Cleopatra Mapa do site