Eye of Cleopatra

Subaru Forester e-BOXER

Novo Forester com sistema e-BOXER

Estão disponíveis no Brasil Forester e XV com o sistema híbrido leve e-BOXER, partindo de R$ 223.900 e R$ 193.900, respectivamente

 

Já estão disponíveis no mercado brasileiro os primeiros modelos da Subaru com sistema híbrido: Forester e XV e-BOXER. O Forester 2.0 e-BOXER custa R$ 223.900, enquanto o XV 2.0 e-BOXER chega sai por R$ 193.900.

Ambos utilizam motor Boxer 2.0 aspirado que entrega 150 cv e 20 kgfm, com injeção direta de combustível, já conhecido das versões tradicionais a combustão, com câmbio CVT. O e-BOXER, por sua vez, consiste de um sistema híbrido leve, ou seja, que mantém o motor a combustão como a principal fonte de energia.

Há um motor elétrico auxiliar de 12,3 kW (16,7 cv) de potência e 6,73 kgfm de torque, que atua em baixas velocidades e contribui para a redução no consumo de combustível em velocidades médias. Já em altas velocidades, o motor elétrico é desligado.

Subaru Forester e-BOXER

Esse motor elétrico está posicionado próximo ao centro de gravidade do veículo, enquanto a bateria e outros componentes são dispostos acima do eixo traseiro. Ambos os modelos têm ainda tração 4×4 AWD e sistema de condução inteligente SI-Drive. A fabricante explica que, no Modo S, o motor elétrico é ativado mais cedo durante a aceleração, enquanto mantém as rotações do motor mais altas para melhorar a resposta de aceleração.

No Subaru XV, a adição do sistema híbrido melhorou os dados de consumo urbano em 19%, segundo levantamento do Inmetro. Já no caso do Forester, a melhora em ciclo urbano foi de 11%, além de receber grade dianteira ativa que se abre e fecha automaticamente para controlar o fluxo de ar.

No caso do Forester, ele passa a trazer também uma reestilização visual com novos faróis e novo para-choque dianteiro. Entre seus equipamentos estão o novo sistema EyeSight com assistentes de condução que, segundo a Subaru, foram aprimorados. Isso inclui frenagem pré-colisão, controle de cruzeiro adaptativo, centralização na faixa de rodagem e alerta de saída de faixa, além da adição da direção autônoma de emergência.

 

Fotos: Divulgação

Share This
Eye of Cleopatra Mapa do site