Eye of Cleopatra

Carros elétricos podem fornecer energia elétrica residencial. Foto: Divulgação/Nissan

 

A Nissan está realizando testes em diferentes partes do mundo para que carros elétricos sejam utilizados como carregadores bidirecionais. A tecnologia V2X permite que os veículos desempenhem o papel de um carregador móvel. Desta maneira, o proprietário poderá racionalizar a conta de energia elétrica, devolver energia à rede ou estabilizar o sistema em horários de pico.

Em meio aos esforços para o combate às mudanças climáticas em todo o mundo, a redução de emissões dos gases de efeito estufa está exigindo mudanças na forma de como geramos e distribuímos eletricidade. Por isso, os carros elétricos têm desempenhado um importante papel com suas tecnologias para alterar o cenário atual.

 

Como funciona a tecnologia V2X?

A tecnologia V2X inclui os sistemas de recarga do tipo V2H, do carro elétrico para a residência; V2B, do veículo para o edifício; e V2G, do automóvel para a rede. Estes sistemas bidirecionais permitem que a bateria dos veículos elétricos transfira sua própria energia para outras fontes, como uma casa, empresa ou até mesmo a rede pública, para recuperá-la mais tarde, fazendo a recarga novamente pela rede pública. 

 

Tecnologia V2X em auxílio a sociedade

Para um uso pessoal, o sistema constitui uma fonte de energia elétrica confiável e de baixo custo. Por meio do sistema de recarga V2H, por exemplo, os carros elétricos podem reduzir a conta de energia elétrica abastecendo uma residência com energia durante os horários de maior demanda e depois recuperando a energia quando tanto a demanda como as tarifas estão mais baixas.

Na prática, os veículos podem descarregar energia quando as famílias chegam em casa do trabalho ou da escola, acendem as luzes e ligam eletrodomésticos que consomem mais energia, como o ar-condicionado, para recarregá-la mais tarde à medida que o uso de energia na residência começa a cair.

Automóveis elétricos também podem mitigar as interrupções no abastecimento de energia, fornecendo eletricidade quando há cortes no fornecimento em caso de desastres naturais, situações de intempérie ou queda de tensão. Estes veículos também podem servir de fonte de energia móvel, descarregando eletricidade para ajudar o funcionamento dos equipamentos de equipes de emergência durante desastres naturais.

LEIA MAIS: Teste completo: Nissan Leaf em condições reais de uso

A tecnologia V2X também poderá ajudar na distribuição e fornecimento de energia. Ao permitir o retorno de energia para a rede durante os horários de pico e recarregar quando a demanda é menor, o sistema pode ajudar a otimizar a capacidade da rede, achatando as curvas de consumo, chamadas de deslocamento de pico ou “peak shaving”, para que o consumo de energia seja mais consistente no decorrer do dia.

Os proprietários de carros elétricos também poderiam se beneficiar, por exemplo, da redução nos custos de estacionamento ao descarregar energia na rede pública quando a demanda é maior. 

 

Nissan visa expansão da tecnologia 

A Nissan já trabalha para implementar a tecnologia de recarga bidirecional V2X em diferentes locais do mundo, como ao fornecer energia sustentável para escolas e imaginar maneiras de ajudar os socorristas a estabelecer centros de comando após desastres naturais, com destaque para:

Austrália: A Nissan participou de um grande teste realizado pelo governo com consumidores, para demonstrar usos reais da tecnologia de recarga V2G. A tecnologia V2G chegou à Austrália quando o proprietário de um Nissan LEAF se tornou o primeiro usuário real a ajudar a compensar o uso de energia durante a noite com seu negócio movido a energia solar.

Alemanha: O projeto “i-rEzEPT” da Nissan fez a integração inteligente de veículos elétricos na rede pública da Alemanha por meio de 13 residências equipadas com energia solar, tendo recebido elogios em sua primeira avaliação provisória.

Japão: Em meio aos esforços para recuperação em situações de desastre, o programa Blue Switch da Nissan ajudou socorristas a recarregar equipamentos e fornecer energia para um centro de comando por meio do uso de baterias do Nissan LEAF.O programa Blue Switch destacou o trabalho da Nissan para transformar a sociedade e solucionar problemas regionais por meio da popularização dos veículos elétricos, com mais de 200 atividades em curso.A Nissan colaborou com o governo japonês em um projeto de demonstração que evidenciou as capabilidades da tecnologia V2G por meio de estações de recarga capazes de armazenar energia, oferecendo veículos elétricos para serviços de carsharing. Foi conduzido um teste da tecnologia V2B para estudar como os veículos elétricos poderiam achatar o pico de consumo de energia em um prédio de escritórios no Japão.A fabricante trabalhou em parceria com lojas de conveniência e administrações municipais para ajudar a fornecer energia para infraestruturas críticas após desastres naturais, incluindo centros comunitários locais em Chiba, no Japão, após o tufão de 2019.

Namíbia: Houve doação de dois veículos elétricos Nissan LEAF a um programa da ONU para apoiar um projeto V2G e demonstrar o impacto da mobilidade elétrica no desenvolvimento sustentável e na qualidade de vida.

Tailândia: Parceria com a empresa de energia tailandesa para estudar conversões de energia do tipo V2G com o Nissan LEAF.

Reino Unido: A Nissan e a E.ON implantaram 20 carregadores V2G de forma bem-sucedida, em um teste para demonstrar como os veículos elétricos podem ajudar a rede elétrica e proporcionar soluções sustentáveis e lucrativas para frotas de empresas.As duas empresas ainda se juntaram a universidade Imperial College London, para trabalhar em parceria para lançar um livro branco destacando o potencial da tecnologia V2G, para alavancar a redução das emissões de carbono e proporcionar benefícios econômicos. Com o carro-conceito RE-LEAF, a fabricante apresentou a visão de um veículo 100% elétrico para atuar em situações de emergência, que também pode funcionar como fonte móvel de energia para abastecer equipamentos das equipes de socorristas em atendimento após a ocorrência de desastres.

Estados Unidos: Trabalhou com a Fermata Energy, que fornece serviços V2G, para aprovar a recarga bidirecional para proprietários do LEAF no mercado americano. Lançou um programa-piloto que fez uso da recarga bidirecional para ajudar a fornecer energia para instalações na Califórnia e no Tennessee.

 

Nissan Energy e Nissan Energy Home

A Nissan anunciou planos para lançar o Nissan Energy, um sistema que permitiu que os proprietários de veículos elétricos da Nissan recarregassem suas baterias, fornecessem energia para residências e empresas ou devolvessem a energia para a rede pública. A fabricante revelou a Nissan Energy Home, uma casa de demonstração que mostrou como os veículos elétricos podem ajudar a fornecer eletricidade para as necessidades de energia de uma casa. 

Share This
Eye of Cleopatra Mapa do site